Com atuação espetacular de Andrey, Sampaio desbanca o Vitória e vai a semifinal do Nordestão

Resultado de imagem para imagens da classificação do sampaio no barradão

Andrey parou Neilton

O Sampaio Corrêa está na semifinal da Copa do Nordeste. Após vencer no jogo de ida por 3 a 0, a Bolívia Querida segurou um empate nesta quinta-feira (24), sem gols, com o Vitória no Barradão e garantiu seu passaporte na próxima fase. Agora, o adversário será o ABC.

O jogo

Para continuar na competição, o ‘todo poderoso’ Vitória precisava golear o Sampaio Corrêa e o técnico Vagner Mancini colocou o time no ataque. Com o esquema de abafar para cima do Sampaio , o Rubro-Negro tentava marcar um gol para empolgar a torcida e desestabilizar o time do Maranhão.

Apesar da boa vontade do comandante, o Vitória não conseguia chegar ao gol por conta do goleiro Andrey. Como se fosse um paredão, o camisa 42 segurava o bombardeio do Leão e deixava seu time seguro dentro de campo.

Na chance mais clara, o Vitória teve um pênalti a seu favor. Neilton cobrou e Andrey apareceu para defender o chute do adversário.

No segundo tempo, o Sampaio ainda pregou alguns sustos no goleiro Ronaldo, mas foram poucos, pois o Tricolor sob administrar a larga vantagem conseguida em São Luís. Além disso, parou em campo, o principal atleta do time baiano, o tal do Neilton.

Se pelo chão estava difícil, o jeito foi apelar na bola levantada. Através dela, o Rubro-negro chegou com muito perigo. Neilton bateu escanteio e Ramon, na marca do pênalti, cabeceou, mas parou em milagre de Andrey.

No fim, o Sampaio conseguiu segurar o duelo no meio de campo e vibrou muito sua inédita classificação para a semifinal.

O futebol do Maranhão pela primeira na história chega a uma semifinal de Copa do Nordeste, um feito espetacular do Tricolor, parabéns aos jogadores, comissão técnica e diretoria pela façanha. O presidente Sérgio Frota fez na hora certa a modificação no comando técnico.

Que venha o ABC de Natal agora!

Com vantagem, Sampaio enfrenta o Vitória/BA em busca de classificação inédita no Nordestão

Resultado de imagem para sampaio e vitoriaAs duas semifinais da Copa do Nordeste já possuem 50% de sua composição concluídas. Enquanto o Bahia há algum tempo aguarda Ceará ou CRB como seu oponente, o ABC, depois de uma sonora goleada na noite da última terça-feira (22), saberá na noite desta quinta-feira através de Vitória e Sampaio Corrêa o seu adversário.

O time maranhense pode até perder por dois gols de diferença que classificará para as semifinais do Nordestão, se o Vitória conseguir três gols de vantagem, teremos penalidades máximas. Agora, se o Sampaio fizer um gol, aí complicará ainda mais a vida dos baianos.

Depois de ganhar no último final de semana do Ceará pelo Brasileirão, o time baiano melhorou o clima mediante a goleada no Maranhão contra o próprio Sampaio.

Por outro lado, a Bolívia Querida também vem animada por ter vencido fora de casa diante do Brasil de Pelotas no Bento Freitas e vem suportado pelo 3 a 0 no Castelão em São Luis para chegar pela primeira vez em sua história a semi do Nordestão.

 No Sampaio, em relação a ausências e presenças, a única mudança que deve ser feita é em relação a suspensão por três amarelos do lateral-esquerdo Alyson. No momento, Kaike, por ser da posição, é o mais cotado até mesmo pensando em manter o esquema tático das últimas partidas formatado por Roberto Fonseca.

O Tricolor deverá ir a campo com: Andrey; Bruno Moura, Maracás, Fredson e Kaike; Willian Oliveira, Diego Silva, Fernando Sobral, João Paulo e Bruninho; Carlão.

Já pelo lado do Viória/BA, espera uma grande presença do torcedor com direito a ingressos no setor de arquibancada com o preço de R$ 10, a grande novidade será debaixo das três traves com a entrada do jovem Ronaldo. Depois de uma partida ruim com duas falhas no confronto de ida contra o Sampaio Corrêa, Caíque acabou perdendo espaço no 11 inicial.

Acompanhe o jogo na Rádio Educadora AM, 560 khz, a partir de 19h. Na internet: www.educadora560.com.br e aplicativo Educadora.

Comissão com Weverton e outros deputados visitará Lula em Curitiba

Deputados federais do PDT, PCdoB, PSB e PSOL se encontrarão com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na próxima terça-feira pela manhã, quando farão uma inspeção às condições da carceragem da Polícia Federal de Curitiba. A visita da comissão foi autorizada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal, Edson Fachin, nesta quarta-feira (23).

O deputado Weverton (PDT), líder da Minoria na Câmara e autor do requerimento de criação da comissão externa, considerou a decisão do ministro uma “vitória importante da democracia”.

Weverton será o primeiro maranhense a ter contato com Lula depois de sua prisão. “A prisão do ex-presidente Lula foi arbitrária, claramente política, objetivando tirá-lo da disputa presidencial. Isto já é razão suficiente para nos fazer querer verificar pessoalmente como estão suas condições de carceragem”, explicou o deputado.

A comissão externa da Câmara que inspecionará a carceragem em Curitiba é formada por 13 deputados federais, que viajarão por conta própria, sem custos para a Câmara.

Dois agendamentos de inspeção já haviam sido solicitados, mas nas duas ocasiões houve negativa da juíza Carolina Moura Lebbos, da 12ª Vara Federal de Curitiba e responsável por supervisionar a execução da pena. As negativas fizeram com que o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, requeresse liminar em uma Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF), argumentando que a decisão da juíza violou o princípio de separação de Poderes, pois a Constituição, a lei e o regimento interno da Casa conferem aos deputados o direito de fiscalização e acesso a qualquer órgão público. O ministro Fachin deferiu parcialmente a liminar.

AGU fecha acordo de R$ 94 mi para pagar diferenças do Fundef no MA

Resultado de imagem para marca da aguA Advocacia-Geral da União (AGU) assinou acordo com o município de Imperatriz/MA que garantirá o repasse de R$ 94 milhões ao ente municipal a título de diferenças do antigo Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (Fundef). O documento agora segue para homologação judicial. Em seguida, será expedido precatório para pagamento da dívida.

O entendimento é resultado de quase um ano de trabalho da Procuradoria da União no Maranhão (PU/MA) e da Central Nacional de Negociação da Procuradoria-Geral da União (PGU). O acordo coloca fim a discussão do valor devido pela União ao município de Imperatriz/MA em sentença expedida no ano de 2012.

Dentre os termos da conciliação está a previsão de que todo o dinheiro seja destinado exclusivamente à educação municipal, em ações consideradas como de manutenção e desenvolvimento do ensino básico. Os recursos deverão ser recolhidos integralmente à conta bancária do Fundo ou outra criada exclusivamente com esse propósito.

Uma cópia do acordo será encaminhada a diversos órgãos de controle da gestão pública no Maranhão para o acompanhamento da regular aplicação do dinheiro público.

Tema quer Pacto Federativo para tirar municípios da crise

O presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (FAMEM), e prefeito de Tuntum, Cleomar Tema, disse, durante pronunciamento no auditório Nereu Ramos da Câmara Federal, ser necessária a materialização do Pacto Federativo, para que os municípios brasileiros saiam dessa grave crise financeira em que estão mergulhados.

O pronunciamento do dirigente municipalista foi feito durante encontro com parlamentares da bancada federal e dezenas de prefeitos, como desdobramento da XXI Marcha a Brasília, movimento criado duas décadas atrás e que mobiliza prefeitos do Brasil inteiro na Capital Federal anualmente.

Além de clamar pelo Pacto Federativo, Tema disse que os programas federais não conseguem se sustentar, fazendo com que as prefeituras tenham que entrar com sua contrapartida. Exemplificou a situação do Programa Nacional de Família (PSF), que acaba se tornando um sufoco para os prefeitos.

“O Governo Federal, através do DENASUS, quer que os médicos exerçam uma jornada de 40 horas semanais, com um salário que não passa de R$ 7 mil. Ora, todos sabem que há uma grande carência de médicos no Brasil, e nenhum deles aceita essa jornada com esse minguado salário”, pontuou.

Cleomar Tema destacou ainda a questão da merenda escolar, afirmando que os recursos são parcos, e que acabam sendo complementados pelos municípios. Disse ainda o líder municipalista, que estes são alguns dos problemas que preocupam os gestores municipais.

“Estamos atravessando talvez a pior crise econômica das últimas décadas, com elevação diária no preço dos combustíveis, um drama que já afeta milhares de brasileiros, assim com uma alta taxa de desemprego. E não estamos vislumbrando saída a curto prazo, mas todos os problemas acabam recaindo sobre a cabeça é dos prefeitos”, salientou Tema.

O presidente da FAMEM conclamou os deputados federais do Maranhão para que insistam no projeto de se estabelecer o tão discutido, tão prometido, tão sonhado e nunca realizado Pacto Federativo.

O pronunciamento de Tema teve aparte do prefeito Dr. Borba, da cidade de Timbiras. Ele afirmou que tudo o que Tema falou se enquadra com sua linha de raciocínio e foi mais além, ao pedir o Plano de Cargos Carreiras e Salários dos Médicos.

Disse que é médico há 30 anos assegurando que é uma categoria desemparada, que tem que trabalhar em mais de um emprego para garantir o sustento. “Vejamos os profissionais do Direito: todos têm garantias salariais, ao contrário de nós médicos, que trabalhamos até à exaustão, com uma carga de trabalho muito sacrificante. Por conta disso, dou meu total apoio ao seu pronunciamento, presidente Tema”, afirmou Borba.

A reunião no Nereu Ramos foi conduzida pela deputada Luana Costa (PSC), atual coordenadora da bancada e contou com as presenças dos deputados Rubens Pereira Júnior (PCdoB), João Marcelo (MDB), Hildo Rocha (MDB), Julião Amin (PDT), Juscelino Filho (DEM), Kleber Verde (PRB), José Carlos da Caixa (PT), Zé Reinaldo (PSDB), Pedro Fernandes (PTB), Aluísio Mendes (Podemos), o vice-governador Carlos Brandão e os deputados estaduais Rafael Leitoa (PDT) e Vinícius Louro (PR).

Jovem do Maranhão é estuprada no Rio, após encontro marcado pelas redes sociais

Mauro de Oliveira Siqueira foi preso em flagrante após violentar estudanteRio – Uma jovem moradora de São Luís, no Maranhão, foi mantida em cárcere privado e violentada por seis dias em Itaboraí, na Região Metropolitana, após um encontro marcado pelas redes sociais. O homem, de 50 anos, foi preso em flagrante no último domingo.

De acordo com a Polícia Civil, o agressor buscou a vítima, de 23 anos, no Aeroporto Internacional Tom Jobim, no dia 14 de maio, e a levou para uma casa na comunidade da Reta Velha. Após a mulher se recusar a ter relações sexuais, o homem passou a violentá-la.

Ainda segundo informações da 71ª DP (Itaboraí), neste sábado a estudante aproveitou um momento em que o agressor estava dormindo e passou uma mensagem com um pedido de ajuda para um parente, que estava em São Paulo. O familiar acionou uma prima, que compareceu à delegacia para fazer a denúncia.

 Agentes da unidade policial iniciaram a investigação para descobrir o endereço da casa onde a mulher era mantida em cárcere privado. De acordo com a Polícia Civil, ao saber que os policiais estavam prestes a realizar as buscas na comunidade, criminosos obrigaram o homem levar a vítima para a delegacia.

Na 71ª DP, o agressor confessou que violentava a jovem e foi preso em flagrante. Ele responderá  crimes de estupro e sequestro ou cárcere privado.

Uma ação que merece crédito e reconhecimento…

Resultado de imagem para médicos atendendo no hospital hu-ufmaA Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular do Maranhão (SBACV-MA), com o apoio da FQM Farmoquímica, promoveu nos dias 17 e 18 de maio, o Circulando Saúde. A ação social, que tem o objetivo de atender, gratuitamente, realizar uma triagem de possíveis doenças vasculares na população, além de orientar sobre formas de prevenção e tratamento das enfermidades vasculares, aconteceu no Hospital Universitário da UFMA – Unidade Presidente Dutra, em São Luís (MA).

Para o atendimento, que foi realizado por médicos, residentes e internos de angiologia e vasculares, foram distribuídas 800 senhas no local.

Os profissionais orientaram o público quanto aos sinais e sintomas das principais doenças vasculares, chamando atenção para os perigos de alguns comportamentos de risco, as devidas precauções a serem tomadas e a importância de realizar o tratamento correto, sempre com um médico vascular.

Também foram realizados exames Doppler de onda contínua nos pacientes que apresentaram alguma alteração para doença obstrutiva periférica, e diagnosticados casos de pessoas com Trombose Venosa Profunda. Além disso, foi aferida a pressão arterial.

Na ocasião, o público recebeu folhetos com orientações e informações sobre as doenças vasculares.

A ação tem, como público-alvo, pacientes com problemas de má circulação nas pernas e pés como varizes, dores, feridas, desconforto e inchaço.

Africanos resgatados no Maranhão têm ajuda da DPU para pedir refúgio no Brasil

Resultado de imagem para africanos no maranhãoA Defensoria Pública da União (DPU) no Maranhão acompanha o caso de 25 imigrantes africanos que aportaram em São Luís no último final de semana após mais de um mês à deriva no oceano. Os imigrantes, que buscam refúgio no Brasil, saíram de Cabo Verde e afirmam ter pagado cerca de mil dólares a atravessadores para trazê-los ao país.

O barco chegou à costa brasileira no último sábado (19), em situação precária. Na manhã de domingo, a DPU compareceu, na Polícia Federal, ao interrogatório de dois brasileiros suspeitos de transportar os africanos ilegalmente.

“Os nacionais foram presos no porto de São José de Ribamar (MA) sob a acusação de terem atuado como ‘coiotes’ na e entrada ilegal no país dos 25 estrangeiros”, explicou o defensor público federal Carlos Eduardo Moraes Marão. Ainda no domingo, o defensor visitou o ginásio onde os imigrantes foram alojados, a fim de verificar as condições físicas dos resgatados e oferecer o primeiro atendimento.

“Na segunda-feira (21), voltamos lá para prestar melhores esclarecimentos acerca da possibilidade de refúgio e outros direitos que eles têm”, disse a defensora pública federal Ana Carolina Fonseca Valinhas, que também acompanha o caso. Segundo ela, os africanos manifestaram o interesse de se regularizarem no Brasil e afirmam não querer voltar para os países de origem. Eles seriam do Senegal, Nigéria, Guiné, Serra Leoa e Cabo Verde, de acordo com o governo do Maranhão.

Ainda segundo a defensora, a Polícia Federal já iniciou as tratativas para solicitação de refúgio, processo em que a DPU atuará para garantir o respeito aos direitos dos imigrantes.

Restaurante Coco Bambu: “requinte sem a beleza da legalidade”

Resultado de imagem para restaurante coco bambuA partir de ação civil pública proposta pelo Ministério Público Federal (MPF) no Maranhão contra o Restaurante Coco Bambu SL Comércio de Alimentos Ltda, a Justiça Federal determinou que os responsáveis pelo Restaurante, localizado na Avenida Colares Moreira, Quadra 19, N. 01, Loteamento Calhau, devem demolir o muro, edificação irregular, encontrado no interior do imóvel, construído em área de dunas, contrariando a condicionante prevista em licenciamento ambiental.

De acordo com o MPF/MA, a responsabilidade civil dos representantes do Restaurante Coco Bambu deve ser observada pois foi possível verificar, através de relatório de vistoria do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente (Ibama) e de parecer técnico da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semmam), a existência de intervenções na área das dunas, que consistem na disposição de barras de ferros sobre a areia para a construção do baldrame e do muro.

Diante disso, a Justiça Federal decidiu que o muro, localizado no interior do prédio, deve ser demolido e que deve haver a apresentação de um Projeto de Recuperação da Área Degradada (Prad) à Semmam, órgão que licenciou o empreendimento, a fim de revitalizar o ecossistema ao seu estágio natural.

O Restaurante Coco Bambu descumpriu acordo de licenciamento ambiental ao possuir, em suas dependências, um muro construído sobre área de dunas

A partir de ação civil pública proposta pelo Ministério Público Federal (MPF) no Maranhão contra o Restaurante Coco Bambu SL Comércio de Alimentos Ltda, a Justiça Federal determinou que os responsáveis pelo Restaurante, localizado na Avenida Colares Moreira, Quadra 19, N. 01, Loteamento Calhau, devem demolir o muro, edificação irregular, encontrado no interior do imóvel, construído em área de dunas, contrariando a condicionante prevista em licenciamento ambiental.

De acordo com o MPF/MA, a responsabilidade civil dos representantes do Restaurante Coco Bambu deve ser observada pois foi possível verificar, através de relatório de vistoria do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente (Ibama) e de parecer técnico da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semmam), a existência de intervenções na área das dunas, que consistem na disposição de barras de ferros sobre a areia para a construção do baldrame e do muro.

Diante disso, a Justiça Federal decidiu que o muro, localizado no interior do prédio, deve ser demolido e que deve haver a apresentação de um Projeto de Recuperação da Área Degradada (Prad) à Semmam, órgão que licenciou o empreendimento, a fim de revitalizar o ecossistema ao seu estágio natural.

Importância das dunas – As dunas exercem importantes funções ambientais. A elevada porosidade e permeabilidade dessas áreas favorecem a captação da água das chuvas e da drenagem superficial. Devido a essas características, as dunas são importantes zonas de recarga de aqüíferos.

Em ambientes costeiros, essa função assume outro caráter também muito importante para a manutenção da qualidade das águas subterrâneas: o lençol freático, alimentado por meio das dunas, impede a penetração da cunha salina, ou seja, funciona como uma barreira física que evita a penetração da água do mar nas camadas subterrâneas.

A redução dos corpos dunares pode diminuir o aporte de água para o lençol freático, provocando a redução do seu nível e o aumento da possibilidade de impactos negativos pela intrusão da cunha salina. As dunas também contribuem para a manutenção do balanço de sedimentos, proteção contra a erosão proporcionada pelos ventos ou redução do assoreamento de ecossistemas adjacentes. Além disso, representam áreas de considerável beleza cênica, o que lhes confere elevado valor paisagístico.

As dunas fornecem habitat para o estabelecimento de espécies vegetais de restinga, constituindo ecossistemas protegidos pela legislação brasileira (Lei 4.771/1965, Resolução Conama 303/2002, Lei 11.428/2006). A vegetação de restinga pode apresentar elevada complexidade espacial e estrutural, formando mosaicos constituídos por espécies herbáceas, arbustivas e arbóreas.