Em noite de Nadson, Sampaio bate o ABC e cola no G-4

Nádson do Sampaio comemora gol na vitória contra Luverdense (Foto: Biaman Prado / O Estado)

Numa noite iluminada do meia Nadson, que marcou três gols, o Sampaio Corrêa venceu o ABC/RN, neste sábado (31), por 3a2 em pleno estádio Frasqueirão, em Natal. Com a vitória o Tricolor afundou o time Potiguar e colou no G-4, ocupando agora a 5ª posição.

O jogo

No primeiro tempo, o ABC teve  a primeira oportunidade com Romarinho, aproveitando o rebote do goleiro Rodrigo, ele chutou e abola foi na trave esquerda. Apesar de ter mais posse de bola, as melhores oportunidades foram da Bolívia com Jheymi que se esticou e chutou no travessão, depois foi Diones que sozinho de cabeça perdeu a chance; mas aos 42 minutos, numa cobrança de lateral – Nadson tabelou com o atacante Jheymi, que devolveu de calcanhar e o meia chutou pra fazer um golaço 1a0, placar da etapa inicial.

No segundo tempo, o Tricolor voltou com tudo e determinado a vencer o jogo, aos 5 minutos, uma linda jogada de Henrique, mas Jheymi bateu de dentro da pequena área e a bola foi no travessão; aos 8 minutos, Valber fez jogada pessoal, e de novo botou na cara do gol o centroavante Jheymi que teve a oportunidade por duas vezes e perdeu. Só que o time local, conseguiu chegar ao empate com Bismark aos 13 minutos.

Depois do empate, o Sampaio foi pra cima e brilhou a estrela de Nadson, ele fez mais dois gols, aos 18 minutos, em jogada de Valber, que fez uma bela assistência, o meio-campista fez 2a1; e aos 36 minutos num erro incrível do ABC, quem estava lá, livre completamente? O dono da noite, Nadson ele na saída do goleiro, bateu cruzado fazendo 3a1 – e só não vai pedir música no fantástico, porque hoje é sábado…

Para dá mais emoção, a Bolívia ainda tomou o segundo gol do desesperado ABC, o zagueiro Adriano, aproveitando cobrança de falta da direita aos 45 minutos, golpeou  de cabeça vencendo o goleiro Tricolor, diminuindo 3a2.

O sonho continua

Com a vitória o Sampaio chegou aos 53 pontos, cola no G-4, atrás do Bahia que tem 54 e perdeu para o Botafogo na rodada, está vivo na competição, o representante maranhense. Agora, enfrenta dois jogos em casa, e não pode falhar – contra o Oeste/SP e Atlético-GO, é vencer ou vencer!

E a torcida tem que acreditar e lotar o estádio Castelão, a Campanha tem que ser #EU ACREDITO BOLÍVIA

Gastão critica lentidão na restauração da REFFSA com a troca de comando do IPHAN

É incrível a incapacidade de nossos gestores para se antecipar aos problemas. Só agem no arranque, no tranco, com o prejuízo já ocorrido. Com a troca no comando do IPHAN , com a descontinuidade administrativa, que sempre ocorre, a restauração da REFFSA vai demorar séculos.

0 Governo Flávio Dino na Mirante/Globo…

Após 10 meses de mandato, governador começa a anunciar na principal emissora do estado, em horário nobre e com mídia técnica, ganhando repercussão pela audiência Globo.

Blog do Marco D’eça

Após 10 meses de mandato, o governador Flávio Dino (PCdoB) decidiu, finalmente, anunciar seu governo na tela da TV Mirante/Rede Globo, emissora de maior audiência no Maranhão.(Veja vídeo acima)

Logo que assumiu, aliados de Dino chegaram a fazer discursos, artigos, enunciados, tratados e outras coisas do gênero defendendo que o governador ignorasse a força da Mirante e resistisse a anunciar na emissora.

Haviam dois problemas para isso, um técnico e um político.

1 – pelas regras de anúncios institucionais de governo, é obrigatório  que nos processos de divulgação sejam levados em consideração a audiência da emissora, sob pena de incorrem em Improbidade Administrativa.

E a Mirante é a maior audiência do estado.

2 – Sem anunciar na TV Mirante, o governo Flávio Dino ficaria restrito, uma vez que nenhum outro meio de veiculação no Maranhão tem tamanho potencial de audiência quanto os veículos do sistema – TV, rádio, jornal, portal, blogs.

E sem aparecer neste sistema, as ações de Dino seriam ignoradas pela população.

Os anúncios do governo começaram a ser transmitidos na Mirante desde o início de outubro, sempre em horário nobre.

E começaram a ser, finalmente, vistos pela população.

É simples assim…

Andrea Murad enaltece postura de Hildo Rocha e desqualifica eleição no PMDB

Eu admiro pessoas destemidas, fortes, que não se vendem, não se corrompem, que tenham coragem e permanecem. Parabéns, Hildo! Vc me orgulhou. Orgulhou a todos! Porque continuou denunciando a falta de democracia no PMDB, até à consumação do ato eleitoral mais vergonhoso, quando a direção aclamada novamente foi a mesma que definiu que ninguém deveria concorrer com eles. Não deixam ter outra opção. Querem vencer sem disputa. Infelizmente não é o povo que decide os rumos partidários e nem os delegados aptos a votar. Enquanto tiver pessoas que apoiem isso, quando deveriam abominar tais práticas, as coisas não caminharão pra frente.

Sampaio tem jogo decisivo diante do ABC,e um “bicho gordo” para vencer…

Encerrando a 33ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, o Sampaio Corrêa viaja até o Frasqueirão para encarar o ABC às 21 horas (de Brasília) deste sábado. Recuperando-se de queda vertiginosa, o Sampaio tenta se estabilizar para aumentar as suas chances de acesso.

Sérgio Frota chefia delegação e promete “bicho gordo” para vencer o jogo…

O deputado/presidente do Sampaio Corrêa, Sérgio Frota, fez questão de chefiar a delegação do time em Natal/RN, para proporcionar aos jogadores todo o apoio necessário, visando a vitória diante do ABC. E como forma de motivar o grupo Tricolor, como sempre faz, Frota aumentou o “bicho”, na verdade a gratificação que vinha sendo paga no valor de 50 mil, neste sábado (31) será ofertado R$ 80 mil, a ser entregue aos jogadores no vestiário, sem dúvida um grande incentivo.

A sequência de seis tropeços seguidos terminou para o Sampaio no último sábado, com vitória por 2 a 0 sobre o Paysandu. Assim o time maranhense chegou aos 50 pontos. O saldo só não foi melhor porque os atacantes Edgar, suspenso, e Pimentinha, lesionado, viraram desfalques.

As baixas abrem vagas na equipe tricolor, mas o técnico Léo Condé parece já ter definido a escalação que desafia o ABC.al

“Tenho a equipe na cabeça, tivemos uma semana produtiva. Apesar dos contratempos por conta dos desfalques, acredito que estamos bem preparados”, discursa.

As opções não são muitas. Henrique e Vanger são os favoritos para as vagas, com Douglas e Válber correndo por fora porque a equipe precisaria mudar seu esquema tático.

No outro lado do confronto, o ABC também encontra dificuldades. Na 18ª colocação com 28 pontos, venceu em casa pela primeira vez na Série B há quinze dias. Para sair do poço, o time potiguar precisa emplacar uma série de triunfos.

O atacante Rafinha sentiu desconforto muscular durante a semana e é dúvida. Ele vinha sendo utilizado como centroavante pelo técnico Sérgio China, que lamenta a escassez de alternativas.

“As opções são poucas, principalmente com as mesmas características, de atletas de velocidade. Mas teremos que criar em cima disso, não adianta ficar aqui lamentando”, afirma o treinador, que já não pode contar com o também atacante Ronaldo Mendes.

FICHA TÉCNICA:
ABC X SAMPAIO CORRÊA

Local: Estádio Maria Lamas Farache, em Natal (RN)
Data: 31 de outubro de 2015, sábado
Horário: 21 horas (de Brasília)
Árbitro: Eduardo Tomaz de Aquino Valadão (GO)
Assistentes: Evandro Gomes Ferreira (GO) e Márcio Soares Maciel (GO)

ABC: Saulo; Ednei, Luizão, Adriano Alves e Marcílio; Fábio Bahia, Rafael Miranda, Bismark e Erivélton; Romarinho e Rafinha (Jeferson Paulista). Técnico: Léo Condé

SAMPAIO CORRÊA: Rodrigo Viana; Daniel, Plínio, Luiz Otávio e Rai; Diones, Leo Salino e Nadson; Henrique, Vanger e Jheimy. Técnico: Sérgio China

“Saúde Maranhão” deste domingo vai falar de Botox, AVC,Odontologia no Sampaio e muito mais…

Exibindo IMG_20151023_232041836_HDR.jpg

Juraci Filho – Apresentador

O Programa ‘Saúde Maranhão’ devido ao Horário de Verão, adotado por algumas regiões do País, mudou de horário e dia de apresentação – agora aos domingos, as edições inéditas, a partir das 11h. Na TV São Luís – canal 8.1 HD, emissora afiliada a Rede TV – então você já sabe, no programa: Dicas de Saúde, Prevenção, Tratamento, Cirurgias, além de um leque de informações para o seu Bem-Estar.

A repórter Sol Lago, Thiago Quirino (centro) e Karina Vieira (Diretora)

E no “SAÚDE MARANHÃO” deste domingo, será mostrado:

Nos quadros – “VARIANTE” – O ODONTÓLOGO TIAGO QUIRINO , VAI FALAR SOBRE A IMPORTÂNCIA DA ODONTOLOGIA NO ESPORTE E O TRABALHO QUE REALIZA NO SAMPAIO CORRÊA  ;  

 “ALERTA” –  OS RISCOS E A PREVENÇÃO CONTRA O ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL, VAMOS ABORDAR A CAMPANHA NACIONAL CONTRA O AVC ;

 NO QUADRO  “SUA BELEZA” O CIRURGIÃO PLÁSTICO JÚPITER NEWLER VAI FALAR TUDO QUE VOCÊ GOSTARIA DE SABER SOBRE O BOTOX  ;

NO “BEM ESTAR BEM” VOCÊ VAI CONHECER NOVAS TÉCNICAS DO TRATAMENTO CAPILAR PARA HOMENS E MULHERES COM A ESPECIALISTA JANAÍNA JARDIM;

 E AS DICAS DE SAÚDE DO HOSPITAL SÃO DOMINGOS.

Além da agenda e eventos da área de Saúde em nosso Estado…

O Programa ‘Saúde Maranhão’, deste domingo, está imperdível! Não esqueça – às 11h na Rede TV,e com reapresentação as quartas-feiras, às 12h30.

 PROGRAMA SAÚDE MARANHÃO “A INOVAÇÃO DA SAÚDE ESTÁ AQUI”

Hildo Rocha faz discurso de protesto inflamado na eleição do PMDB

Em discurso contundente e frontal, durante à eleição do Diretório Estadual do PMDB, nesta sexta (30), que reconduziu o presidente João Alberto por mais dois anos, o deputado federal Hildo Rocha contestou a forma com que a Chapa ‘Renovar para Crescer”, da qual fez parte, foi preterida do processo eleitoral. E criticou a maneira com que foi tratado pelo presidente em exercício Remi Ribeiro, além de discordar da metodologia de fazer política do senador João Alberto.

– Venho aqui para lastimar a não democracia interna desse partido, através do presidente, do seu preposto Remi Ribeiro que não deixou que nós pudéssemos concorrer. Então, quero dizer que vou continuar na luta, entrei na justiça, vou até a última instância; entrei junto à Direção Nacional porque entendi que tive o meu direito ceceado; Todo mundo tem sua forma de fazer política, mas a minha é totalmente diferente do senador João Alberto, e eu não aceitarei que ninguém leiloe o meu partido, o PMDB, disse Hildo Rocha.

O parlamentar fez questão de afirmar cara-cara com João Alberto e Roberto Costa , que o seu interesse era concorrer de forma limpa e transparente. Rocha disse que estava ali, de maneira diplomática para expressar o seu pensamento e categoricamente disse que não vai deixar o PMDB.

– Estou vindo aqui, de forma diplomática, sem exército, pois o meu exército é o partido, o PMDB. Gostaria de ver a chapa “Renovar” concorrendo com a chapa do senador João Alberto com transparência, e queria dizer para a tristeza de alguns, alegria de outros, que não vou deixar o PMDB, até me perguntaram ali fora, se iria sair – não, eu não vou sair do meu partido, o qual fui leito prefeito e deputado federal, concluiu.

Na saída da sede do PMDB, Hildo Rocha, foi abordado por alguns militantes da juventude da legenda, o clima esquentou com troca de insultos, mas ficou nisso…

André Fufuca preside comissão que pode diminuir tarifa de transporte coletivo

O deputado André Fufuca (PEN) foi eleito presidente da comissão que irá analisar a Proposta de Emenda à Constituição 179/07, que pode incidir na diminuição de até 10% da tarifa de transporte público no Brasil. “A proposta já foi aprovada neste mês de outubro e agora temos que trabalhar para que ela seja logo votada no plenário”, disse.

A PEC obriga a União a destinar, no mínimo, 10% dos recursos arrecadados com a Contribuição de Intervenção de Domínio Econômico (Cide-combustíveis) ao subsídio de programas de transporte coletivo urbano para população de baixa renda em cidades com mais de 50 mil habitantes.

“Hoje o que temos é a aplicação desses recursos apenas no pagamento de subsídios a preços ou transporte de álcool combustível, gás natural e seus derivados e derivados de petróleo. Temos que aumentar a abrangência desses subsídios para beneficiar uma classe maior”, afirmou o deputado.

A proposta será analisada agora por comissão especial presidida por Fufuca e deverá ser votada pelo Plenário em dois turnos.

Flávio Dino “enche” os prefeitos de intermináveis promessas…

Flávio Dino anunciou que Prefeituras não mais irão arcar com despesas relacionadas ao setor de Segurança Pública. Demais reivindicações serão avaliadas e atendidas pelo Governo dentro do possível.

DSC_039A3

Gestores públicos municipais dialogaram nesta sexta-feira (30) com o governador Flávio Dino, oportunidade na qual receberam a confirmação de que, a partir de janeiro de 2016, Prefeituras não mais irão arcar com despesas (pagamento de combustível de viaturas das Polícias Civil e Militar e custeio de alimentação dos policiais, por exemplo) relacionadas ao sistema de Segurança Pública.

O governador garantiu, ainda, que outras reivindicações – pagamento do restante dos convênios firmados ano passado; custeio dos hospitais de 20 leitos; aumento dos repasses aos municípios para custeio do transporte escolar dos alunos do Ensino Médio – serão avaliadas e atendidas dentro do possível, obedecendo a capacidade orçamentária do Estado que, segundo o próprio Dino, também enfrenta dificuldades financeiras.

“Assim como os municípios, o Estado do Maranhão também está sendo penalizado financeiramente com a perda de recursos. No entanto, temos um planejamento a ser seguido e iremos, sim, atender as reivindicações dentro do possível. Uma delas, já a partir de janeiro, será a questão do fim do suporte que as Prefeituras dão ao setor de Segurança Pública”, afirmou o governador.

A plenária envolvendo prefeitos e o governador ocorreu durante o segundo dia de programação da I Marcha Municipalista do Maranhão, evento promovido pela Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (FAMEM) e que reuniu mais de 200 gestores.

Os trabalhos foram coordenados pelo presidente da entidade, prefeito Gil Cutrim (São José de Ribamar), e também contou com as participações de outros agentes da classe política e da sociedade.

Gil Cutrim mostrou ao governador a situação de dificuldade financeira vivida, hoje, pelas cidades maranhenses (somente nos últimos três meses, os municípios perderam mais de R$ 100 milhões de recursos do FPM) e ratificou o compromisso de trabalhar junto com toda classe política no sentido de modificar esta realidade.

Cutrim também apresentou a deputados estaduais e federais reivindicações municipalistas que, a partir de agora, serão trabalhadas na Assembleia Legislativa e em Brasília.

“A Marcha contou com a participação massiva dos prefeitos e prefeitas. Mostramos força e, principalmente, comprovamos que estamos unidos em favor dos municípios. Quero também agradecer o Flávio Dino, que se fez presente e dialogou conosco. Prova concreta de que o governador é municipalista e também está irmanado com os gestores em prol das cidades”, disse o presidente da FAMEM.

Reuniões periódicas – Na plenária, também ficou definido que, a partir de agora, num período de três em três meses, Flávio Dino irá se reunir com prefeitos e prefeitas, através de encontros que serão promovidos pela Federação, para discutir as demandas municipais O objetivo, de acordo com o governador, é estabelecer um canal permanente de diálogo.

Coordenador da Bancada Maranhense em Brasília, o deputado federal Pedro Fernandes classificou a Marcha como um evento pioneiro, grandioso e que já entrou para o calendário político do Maranhão.

“O presidente Gil, os demais integrantes da diretoria da FAMEM e todos os gestores públicos maranhenses estão de parabéns. A Marcha Municipalista refletiu que, hoje, a classe política está mais unida em favor das cidades”, disse.

Prefeitos e prefeitas também aprovaram a realização do evento e classificaram como positiva toda programação.

“Foi um momento histórico. Gestores unidos e mostrando que, através da discussão salutar com os demais agentes políticos, é possível encontrar soluções para os pleitos municipalistas”, avaliou o prefeito de Arari, Djlama Melo.

Flávio Dino e a política de taxação de impostos para o povo…

dino“A CPMF não foi criada na semana passada, a CPMF existiu durante dez anos no Brasil, com alíquota de 0,38%, não era alíquota de 0,20%. E aí, por um momento, o Congresso resolveu acabar com a CPMF. Tá fazendo falta. Ou bota a CPMF ou bota outra coisa no lugar”, o governador Flávio Dino, finalmente assumiu que é totalmente a favor de cobrar mais impostos (CPMF) do povo, nesta sexta (30), na I- Marcha dos Municípios.