Arquivo Mensal: dezembro 2015

De olho no impeachment e na unificação do PMDB, Temer fará “road show” pelo país

O vice-presidente Michel Temer começa em janeiro, segundo a coluna Painel, uma intensa agenda de viagens pelo Brasil. Além do propósito de unificar o PMDB, mais dividido do que nunca, Temer usará o “road show” para atrair mídia espontânea e, por meio dela, tentar melhorar o seu baixo grau de conhecimento. Nos cálculos internos, o vice precisa vencer o relativo anonimato se quiser ser visto como alternativa de poder à presidente da República durante a tramitação do processo de impeachment.

 O ex-ministro Eliseu Padilha (PMDB-RS) ficou encarregado de preparar o giro nacional do vice-presidente.

Para o núcleo duro do governo, o impeachment ainda não pegou na sociedade “porque o povo não viu um substituto, alguém que convença a população, sobretudo a mais pobre, de que será melhor do que Dilma”.

0

Dilma cede a pressão dos governadores e baixa indexador de dívidas dos Estados

Fabio Rodrigues Pozzebom/Agênci: <p>Brasília - Reunião de governadores com o ministro da Fazenda, Nelson Barbosa para discutir a crise econômica (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)</p>

Três dias após nove governadores terem ido a Brasília pressionar o Palácio do Planalto por saídas para a crise, o governo federal publicou na quarta-feira (30) o decreto que regulamenta a lei permitindo que os Estados e municípios endividados façam o refinanciamento sob novas regras, aprovadas no meio do ano pelo Congresso Nacional.

A aplicação da lei impactará mais de 200 contratos de refinanciamento de dívidas celebrados entre estados e municípios com a União. Deverá permitir aos devedores a redução em seus pagamentos futuros para a União. O ministério ressalta que a lei não provoca impactos para a dívida pública e não afeta o resultado primário da União e de estados e municípios.

Ao menos três Estados admitem que poderão aproveitar a mudança do indexador da dívida para contrair mais empréstimos. O Rio Grande Sul, que enfrenta grave crise financeira, é um deles.

Compõem o grupo os governadores Marconi Perillo (GO), Geraldo Alckmin (SP) Luiz Fernando Pezão (RJ), Marcelo Miranda (TO), Fernando Pimentel (MG), Rui Costa (BA), Wellington Dias (PI), José Ivo Sartori (RS), Paulo Câmara (PE) e Rodrigo Rollemberg (DF), além de do vice-governador do Maranhão, Carlos Brandão.

0

Pesquisas que nada valem…

* Por João Bentivi

O ano termina e o processo eleitoral se exacerbará. Muita coisa há de mudar, ainda, para o pleito de 2016, em São Luís. Até agora poucas realidades.

Candidatos com pré-candidaturas definidas, muito poucos. O prefeito, cuja postulação a reeleição é obrigatória; eu, presidente de honra do PRTB, com definição consolidada com o Diretório Nacional e com o presidente nacional da sigla, doutor Levi Fidelix; a extrema esquerda, costumeiramente com um ou dois pré-candidatos, que, pelo exemplo do passado, poderiam ser os mesmos dos pleitos anteriores.

Os outros pretensos pré-candidatos estão longe de sê-los, de fato. A deputada Eliziane Gama, que tem todas as condições favoráveis, pulando de rede em rede, tem a missão primordial de acertar uma, pois a rede em que está parece muito com alçapão.  O vereador Fábio Câmara enfrenta o dilema de trabalhar uma candidatura a vereador em condições favoráveis ou enfrentar um campo movediço, entre o Diretório Regional da sigla e um Palácio dos Leões, mal intencionado, sendo um terrível pano de fundo.

A minha brilhante vereadora Rose Sales já está adredemente na alça de mira dos dois “palácios”. Pelos desencontros recentes, o desejo dos dois palácios é o seu aniquilamento político e como prévia, a imprensa amestrada e corrompida, esquece todas as suas qualidades e enfoca, pura e simplesmente, que a vereadora é menina de recado do sarneisismo. O que não se pode esquecer é que, se ser sarneisista determinar desqualidade ou inaptidão para a vida pública, parece que o Palácio dos Leões e o de La Ravardiére não passariam no teste.

Bira do Pindaré e Neto Evangelista, desde o momento que assumiram os cargos de secretários, o fizerem prestando, em posição de reverência, o juramento ordenado pelo governador Dino, de que jamais pleiteariam o cargo de prefeito de São Luís. Como todos sabemos que o candidato intracordis do governador Dino é Holandinha, caso observemos Bira e Neto na campanha, tratar-se-ão uma versão piorada de Ednaldo Neves, o laranja mais descarado de toda história política de São Luís.

A ex-governadora Roseana Sarney, por sua voz e por qualquer análise política séria, jamais pleitearia essa prefeitura: tem pouco a ganhar e muito a perder e, com olhos no futuro, observa de soslaio 2018. Os desencontros de governo Dino podem devolver a ela viabilidade política, principalmente porque o sarneisismo não criou nenhum produto eleitoral igual a ela. Antes que algum vagabundo queira aventar que eu estou fazendo elogios, informo que nenhum político do Maranhão, principalmente os que estão no poder, poderão apontar nenhum momento de minha existência política que tenha transigido. Por ouro lado tenho liberdade de reconhecer o fato político, como estou fazendo agora.

João Castelo é o último ícone eleitoral da ilha. Não será candidato.  É uma pena não ser candidato. O bico do tucanato virou  uma mancha sem cor e sem cheiro, um satélite orbitando em volta dos leões, com tempo previsto para o seu descarte. Algum outro nome poderá surgir? Não digo impossível, mas a possibilidade é quase zero.

Como o título dessa matéria é PESQUISAS QUE NADA VALEM, alguém poderá achar que me perdi na escrita. Não, tenham certeza que não.

Pesquisas podem determinar os destinos de uma eleição?Alguém diz que sim e alguém diz que não. Acho que sim.

Uma pesquisa será sempre o retrato de um momento e, há um ano do pleito, seguramente não estaria dizendo a verdade de outubro. Mas uma pesquisa tem, sim, o poder de induzir, de trazer aliados, de estimular militância, de dar ânimo e preparar discursos.

Daí, uma pesquisa para ser séria, teria que estar minimamente lincada com a realidade, caso contrário não é pesquisa. È qualquer coisa, mas não é pesquisa.

Um exemplo claro. Tenho visto muitas pesquisas para a prefeitura de São Luís e, pasmem, aparecem candidatos que todos sabemos, repito, todos sabemos que não são e nunca serão candidatos a prefeito, tais como Gastão Vieira, Astro de Ogum e Roseana Sarney. Aparecem aqueles que nem pré-candidatos são, pois estão em luta declarada em seus partidos, como Fábio Câmara e João Castelo. Aparecem aqueles que nem saíram do laranjal dos Leões: Bira do Pindaré e Neto Evangelista. Aparecem aqueles que nem domicílio eleitoral possuem, como O Luis Fernando, candidato em Ribamar.

Alguém poderá objetar: a pesquisa é livre e o pesquisador tem liberdade. Concordo plenamente. O que eu não concordo é que, há 3 meses, sou pré-candidato pacificado do PRTB e nunca me colocaram em nenhuma das pesquisas. Esse fato não tem nenhuma casualidade. Não sou tolo na política e sei que nessa área não há casualidade e sim pertinentes e perfeitas motivações. Alguém não deseja o meu nome nas pesquisas.

Qual a razão de se esconder o percentual de athenienses que desejam sufragar-me? Poucos ou muitos, não interessa, pois interessa, primeiro, que o meu nome conste nas avaliações. Tenho pesquisas próprias que já me apontam em um bom caminho.

Encaminharei uma correspondência aos institutos que fazem as avaliações, mostrando a minha inconformação com o fato. A pesquisa se inscreve dentro dos fatos de relevância social e política, pois o interesse é público e deve ser tratado com seriedade, respeito e dignidade.

Creio que serei atendido. Afinal, a partir de primeiro de janeiro, as pesquisas se ajustarão a determinadas regras. Um bom 2016 para todos, principalmente para São Luís!

*Advogado, Músico, médico, jornalista, pré-candidato a Prefeitura de São Luís
0

São Luís terá esquema especial de trânsito no Réveillon

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT) vai realizar alterações no trânsito e nos transportes urbanos da capital, tendo em vista as festividades do réveillon. A Prefeitura montou um esquema especial que terá início nesta quinta-feira (31) e seguirá até a próxima sexta (1º). As ações de disciplinamento do trânsito serão concentradas na orla marítima. É o caso da Avenida Litorânea, um dos locais de concentração do evento comemorativo do ‘Réveillon de Todos’, promovido pelo governo do Estado, em parceria com a Prefeitura de São Luís.

A partir das 7h desta quinta-feira (31), fica interditada a Avenida Litorânea, no trecho compreendido entre o Belvedere (subida de entrada para a avenida, na Ponta do Farol) até a Ponte sobre o Rio Pimenta (cruzamento da Rua das Graças e Rua Vale Rio Pimenta – Parque Atlântico). Com isso, fica proibido o tráfego de veículos na área, bem como o acesso nas transversais para a referida área. Estes veículos também serão proibidos de acessar o trecho até 5h da manhã da próxima sexta-feira (1º). O ingresso de veículos na respectiva área interditada se restringirá aos carros de serviços do evento, devidamente credenciados, veículos da SMTT, limpeza urbana, bem como de viaturas da Polícia militar, Corpo de Bombeiros e ambulâncias.

No entorno da Praça Maria Aragão, ponto das festividades da “Virada com Jesus”, ficará interditada, a partir de 19h, o trecho da descida da praça (Rua Joaquim Itapary). Com isso, os veículos que vem da área do Hospital Universitário da UFMA – Unidade Presidente Dutra e da Rua Rio Branco, descem pela Rua Coelho Neto, contornando a Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), seguindo pelo prédio da antiga RFFSA. O trecho que dá acesso à Praça Maria Aragão, pela Ponte Bandeira Tribuzzi, também ficará interditado. Os veículos descem e seguem pela área do Hospital Dutra. Em todos os trechos de interdição, a SMTT vai disponibilizar agentes a pé, em motos e em viaturas para disciplinamento e orientação de trânsito.

ÔNIBUS

No que se refere ao transporte coletivo, todas as linhas e serviços do Sistema Municipal de Transportes deverão operar na passagem do Réveillon 2016. Desse modo, a partir das 20h desta quinta-feira (31) até às 12h desta sexta-feira (1º), circulará toda frota prevista para os horários de pico dos dias úteis. A finalidade da medida é atender os deslocamentos dos usuários aos eventos programados para as festividades de final de ano na capital.

Segundo a SMTT, as linhas que atendem as praias da região da Ponta da Areia, Avenida Litorânea, Olho d’Água e Araçagi, deverão operar com frota superior à programada para os dias úteis, atendendo a necessidade dos deslocamentos dos usuários e, em especial, do evento da Avenida Litorânea, tanto no início quanto no término dos eventos. Para esta mesma finalidade, a frota de apoio nos terminais de integração, nesta quinta-feira (31), deverá ser a mesma prevista para os dias úteis.

0

Fufuca garante recursos para o Hospital Macrorregional de Santa Inês

André Fufuca esteve nesta quarta-feira (30), com o ministro da saúde, Marcelo Castro. Fufuca conseguiu que o ministro assegurasse a disponibilidade de recursos para o funcionamento, assim que terminado, do Hospital Macroregional de Santa Inês. Para o deputado, a efetividade da obra é de extrema importância para a população.

“O hospital é fundamental para a melhora da saúde das dezenas de cidades do Vale do Pindaré e região. O ministro Marcelo Castro, conhecedor da importância da obra e de sua efetivação, me garantiu o cumprimento das ações que estão pendentes e também garantiu que a população não será prejudicada. Estou esperançoso e confiante na palavra do ministro”, disse.

Conforme Fufuca, o hospital Macrorregional de Santa Inês é uma obra ímpar e de grande necessidade para os mais de 600 mil habitantes da região. O Hospital conta com 100 leitos de internação em enfermarias, 12 leitos de UTI, quatro salas de cirurgia, e Unidade de Pronto Atendimento (UPA) funcionando 24 horas. Além de central de imagem com exames de ultrassonografia, raio-x, endoscopia e mamografia.

O hospital também contará com laboratório de análises clínicas, lavanderia, cozinha, reservatórios de água, subestação de tratamento de esgoto e poços artesianos próprios e um prédio só para o funcionamento da hemodiálise.

0

Hildo Rocha realiza ação em benefício dos desportistas maranhenses

Hildo Rocha conversa com o ministro

O deputado federal Hildo Rocha tem aproveitado o recesso parlamentar para intensificar as andanças pelos ministérios com o objetivo de agilizar as ações e conseguir benefícios para os maranhenses. Esta semana visitou diversos órgãos da administração federal, foi recebido duas vezes pelo Ministro da Saúde, Marcelo Castro, e também se reuniu com o Ministro do Esporte, George Hilton dos Santos. A pauta girou em torno de projetos, convênios e programas da pasta voltados para o Maranhão.

A pauta girou em torno de projetos, convênios e programas da pasta voltados para o Maranhão.

Rocha ressaltou que dezenas de prefeituras maranhenses apresentaram, ao longo deste ano, projetos de construção, modernização de quadras, ginásios, espaços esportivos e aquisição de equipamentos para instituições de ensino e comunidades.

O parlamentar lembrou que, entre os municípios beneficiados está Paulo Ramos.

– O convênio para a construção de um estádio de futebol já foi assinado. Foi um pedido do prefeito Tancledo Araújo que conseguimos atender por meio de emenda de minha autoria,disse.

O deputado disse que inúmeros municípios estão com a tramitação adiantada, necessitando apenas de pequenos ajustes para que possam ser concretizados.

– O Ministro explicou quais os procedimentos indispensáveis para que as prefeituras possam se beneficiar das parcerias. Vou informar aos prefeitos e, assim que as exigências forem atendidas, voltaremos a nos reunir para darmos sequencia aos projetos, e, dessa forma, ampliarmos a oferta de espaços adequados para a prática de diversas modalidades esportivas no nosso Estado, ressaltou.

– Além dos projetos em andamento, também tratamos sobre a realização de novas parcerias entre o Ministério e municípios maranhenses que pleiteiam firmar parcerias com a finalidade de estimular os jovens e atletas de um modo geral, destacou Hildo Rocha.

Sobre IPVA 2016: Sefaz e Detran emitem Nota Oficial…

Nota de Esclarecimento

A Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz) e o Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran-MA) esclarecem que as informações em circulação no aplicativo WhatsApp, sobre invasão no sistema do Detran-MA e envio de cobrança do IPVA 2016 para endereço dos proprietários de veículos, são falsas. Em todas as verificações realizadas pela Coordenação de Informática do Detran-MA até o dia 29 deste mês não foi registrada nenhuma tentativa de invasão do site ou do sistema de dados do órgão.

O Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), exercício de 2016, só estará disponível para pagamento a partir do dia 1º de janeiro. A Sefaz informa que o imposto somente será pago, pelo proprietário, por meio do sistema do Banco do Brasil ou por meio do DARE, emitido no portal da Sefaz, na internet. A Sefaz e o Detran-MA reiteram que a cobrança do IPVA não é feita por correspondência.

 

0

É preciso um basta…

Ricardo MuradRicardo Murad

É PRECISO UM BASTA
Conta de luz explodiu e está promovendo um verdadeiro confisco na renda das famílias.
Política injusta e irresponsável da presidente Dilma. Primeiro jurou baixar a conta de energia, e realmente baixou por decreto. Depois, sem condições de manter a promessa, cedeu às pressões e aprovou a mais maléfica política de preços para a energia elétrica, pondo no consumidor toda a responsabilidade pelo custo do sistema.

Do mesmo modo, parece que seguindo a cartilha da presidente Dilma, Flávio Dino, para cobrir a gastança feita de forma irresponsável – aumentou a folha em mais de 500 milhões com sinecuras para os seus aliados, afilhados e parentes, faz o maior aumento de impostos da história do Maranhão prejudicando micros, pequenos, médios e grandes empresários que aqui precisam aguentar duas crises: a da Dilma e a dele.

0